terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Cantando nos Terreiros do Povo



O projeto Cantando nos Terreiros do Povo, idealizado pela Cantora e compositora  Vera Lima  encerra temporada de apresentações este ano no dia 21/12 ocupando o espaço aberto no assentamento Don José Maria Pires, em Forte velho Cabedelo, a partir das 19 horas. O “encontro cultural” é realizado a cada lua cheia, na área rural do estado da Paraíba, nos assentamento, povoados e sítios. O “terreiro” é o nome que a povo nordestino dá para a área localizada na frente da casa. Era coisa comum nas áreas rurais às pessoas se reunirem neste local para conversar, contar estórias, adivinhações, declamar versos, ver as cantigas das crianças brincando de roda, partilhar conhecimentos, ouvir os cordelistas, realizar as festividades, ver os brincantes da cultura popular e ect. O terreiro é de fato “um espaço de encontro”, um ambiente agregador da comunidade.

            Ao pensar este projeto o desejo de Vera Lima era vivenciar no terreiro a alegria do encontro entre as pessoas de diversas gerações. Por isso a proposta deste projeto é trabalhar com o que a cantora e compositora chama de “Estética da Possibilidade”. No terreiro do povo, o mais importante é a participação e envolvimento do publico com a arte, o repertório é pensado para ser cantado “com o povo”, o publico, é sujeito ativo, eu sou uma artista que provoca a participação da comunidade  artista-educadora, uso a música-poesia-arte como instrumento de ligação com as diversas expressões e  linguagens do povo. O Show-encontro é um espaço plural e democrático. O belo no terreiro é a liberdade do encontro, é entrar em contato com as lembranças das vivencias mais simples da vida interiorana, de quem teve o prazer de experimentar, sentar-se no terreiro de casa em noite de lua cheia.

             Muitas pessoas acompanham e apoiam o projeto, e todos fazem sem receber cachê. Vera Lima  convidou alguns companheiros músicos e amigos (as) da cidade de Santa Rita e João Pessoa, eles toparam o desafio e o prazer que é levar a arte na zona rural (sem grana) e acompanham o projeto, cada um(a) contribui do jeito que sabe e pode. Outros (as) doam dinheiro para gasolina, outro faz a sonorização e assim nesse jeito-solidário de apoiar a arte, segue o projeto.


             "Sou muito a essas pessoas que estão sempre no apoio a esse projeto. (Sueldes e Fernando e toda sua família, Zélia, Sandra Alves, Bené, Mário, Lourenço Molla, Juliano, Gabi, Joana Darc, Jocieldes, Gracinha, Bell Gomes, Anadilza, Casa Pequeno Davi, Cecilia, Iremar, Dani, Márcio de Paula, Flavia Maia  e tanta gente mais." destaca a idealizadora e organizadora.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

SOM SOLIDÁRIO DE NATAL


1º Batera Groove em João Pessoa

Dia 14 de Dezembro, 1º Batera Groove em João Pessoa, OVERDOSE DE BATERIA!
Está chegando perto! um grande evento voltado para bateria com Rogério Pitomba (Natal), ganhador do Batuka Brasil 2013 e melhor instrumentista 2013 pelo prêmio Hangar de Música Potiguar, onde abordará técnicas, linguagens, timbres; Hernan Gustavo Voyzuk (Salvador), mais de 25 anos de pesquisas e estudos sobre a importância da busca de uma sonoridade própria; Diego Medeiros (Caíco), vencedor do concurso V-Drums Contest 2012 Junto com o Professor Dennis Bulhões (João Pessoa), Vencedor do Batuka Brasil 2010. No Auditório Gerardo Parente (Departamento de Música da UFPB), às 15H


Programa Espaço Cultural


Confira o programa Espaço Cultural, das 22h à meia-noite, acesse pela 105.5 FM ou pela internet, no site da rádio:  http://radiotabajara.pb.gov.br/

domingo, 22 de setembro de 2013

Estacine Drive In

A Estação Cabo Branco promove na quarta-feira (25), às 20h, a primeira sessão de drive-in em João Pessoa, que vai ser realizada no estacionamento, com a exibição de “Raul – O início, o fim e o meio”, de Walter Carvalho. Antes, haverá sessão do curta “A poeira dos pequenos segredos”, do paraibano Bertrand Lira.
O ingresso custa dois quilos de alimento não perecíveis por motorista, que devem ser entregues na sexta, sábado ou domingo da semana anterior (20, 21 e 22) na recepção do
auditório. 
 

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Show Carlos Malta



SARAVÁ BADEN & VINÍCIUS: tributo aos AFRO - SAMBAS


Carlos Malta relê o clássico repertório de Baden e Vinícius neste show que reúne a obra da dupla inspirada nas raízes e religiosidades africanas , nesta obra que é um divisor de águas na MPB devido a estética sonora que mistura os toques do candomblé ao violão virtuoso de Baden guiados pela poesia de Vinícius.
O Escultor do vento, como Malta é conhecido , abre seu leque de timbres sobre as composições que beiram o minimalismo , explorando uma leitura lúdica  baseada na forma  jazzística  , onde tema e improvisação fazem parte de um todo.
O repertório inclui também canções obrigatórias numa homenagem a Baden , tais como Berimbau, Consolação e Apelo.

No palco, Malta (sax e flauta) é acompanhado por André Siqueira (guitarra), Augusto Mattoso (baixo) e Di Steffano (bateria).

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

OSUFPB SOPROS FAZ SUA ESTREIA

O segmento dos Sopros da Orquestra Sinfônica da UFPB faz concerto de estreia nesta sexta-feira, 9 de agosto de 2013, às 20h, na Sala de Concertos Radegundis Feitosa, com entrada gratuita, incluindo em seu programa obras de Beethoven e Gounod, além de peças brasileiras, de compositores como Edino Krieger e Jacob do Bandolim, dentre outros. Os Sopros da OSUFPB são constituídos por instrumentos como flauta, oboé, clarinete, fagote e trompa. Ao lado da percussão, este é o naipe da orquestra que tem sonoridade mais heterogênea. Um dos integrantes da OSUFPB Sopros e também Diretor da Sala Radegundis Feitosa, o Prof. Heleno Feitosa "Costinha", declara que "em consequência da diversidade dos timbres dos instrumentos desta seção da orquestra, o naipe é um dos mais difíceis e complexos, mas existe um grande número de peças escritas para conjuntos formados por esses instrumentos. Um dos mais importantes é o Quinteto de Sopros, e é justamente explorando este rico repertório que a OSUFPB Sopros estará se apresentando pela primeira vez, com formações que vão até o noneto". Este será o décimo segundo concerto da temporada 2013 da OSUFPB, um projeto desenvolvido pelo LAMUSI – Laboratório de Música Aplicada do CCTA-UFPB, em parcderia com os Departamentos de Música e de Educação Musical. Os próximos concertos, sempre às sextas-feiras, 20h, na Sala Radegundis Feitosa, serão os seguintes:

23 de agosto - Metais
30 de agosto - Pop
6 de setembro - Sinfônica
13 de setembro - Jovem
11 de outubro - Percussão
18 de outubro - Cordas
25 de outubro - Sinfônica
8 de novembro - Pop
15 de novembro - Cordas (Câmara)
22 de novembro - Jovem
29 de novembro - Cordas
6 de dezembro - Sinfônica
13 de dezembro - Cordas & Convidados

Encontro Regional de Trombones da Paraiba


Curso de Afrodança


Prêmio SESC de Literatura

Escritores que ainda encontram-se com suas obras inéditas podem fazer até 30 de Agosto deste ano uma importante tentativa de editar livros de contos e romances através de uma editora de reconhecida importância. É que o SESC acaba de prorrogar as inscrições para o Prêmio de Literatura, com alcance nacional, por meio de unidades de serviço que o Serviço Social do Comércio mantém em capitais e principais cidades do interior do Brasil.

O concurso está com regulamento publicado no link www.sesc.com.br/premiosesc, onde os escritores interessados podem efetivar inscrições. A validação dessas inscrições estão sendo efetivadas no SESC Centro João Pessoa/ Setor de Cultura, que fica localizado à Rua  Desembargador Souto Maior, 281, Centro. João Pessoa/PB. Os demais endereços das unidades que integram o SESC-PB estão abaixo relacionados.

Na Mira do Rock


Gabriel Caminha no Cantinho da Feijoada


Lançamento do EP da Banda Etnia


terça-feira, 23 de julho de 2013

Eleonora Falcone realça a poética do universo feminino no Festival de Areia

A artista paraibana apresenta o show "Revista Feminina" no palco principal do 14º Festival de Areia em 3 de agosto, às 22h, acompanhada de violão, cello, acordeon e percussão. No repertório, canções que realçam sentimentos do universo feminino, presentes de forma constante em seu trabalho. 
A cantora não poderia faltar na programação: “é uma cantora popular de nível, de grande reconhecimento. Ficamos felizes com a participação da nossa Eleonora Falcone na mesma noite em que também cantará Zizi Possi”, destacou Toninho Borbo da gerência de Difusão da Música do Governo do Estado da Paraíba.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Oficina Tribal Fusion


Show Fantasmas da Guerra 30 anos

Dia 18 de julho show histórico de uma das mais importantes bandas paraibanas dos anos 80, a banda "Fantasmas da Guerra".

CONCERTO DA OSUFPB SOB REGÊNCIA DE MARCOS ARAKAKI

A Orquestra Sinfônica da UFPB se apresenta nesta sexta-feira, 19 de julho de 2013, às 20h, na Sala de Concertos Radegundis Feitosa, sob a regência do Maestro Marcos Arakaki, um dos mais destacados regentes brasileiros da atualidade. O solista do concerto é o Prof. Heleno Feitosa "Costinha" (fagote).

ENTRADA FRANCA.

Especialista em “Shakespeare” ministra roda de conversa no SESC de Letras

Autor do livro “Adaptação intercultural: o caso de Shakespeare no cinema brasileiro”, o professor Marcel Vieira estará participando da primeira etapa do SESC de Letras, evento que acontecerá no SESC Centro João Pessoa entre os dias 30 de Julho e 02 de Agosto. Ele ministrará a roda de conversa 'Shakespeare ao alcance da maioria', no dia 06/08 às 19h30 horas.
 As inscrições gratuitas encontram-se abertas no setor de cultura da entidade comerciária, que fica situado à Rua Desembargador Souto Maior, 281, Centro, João Pessoa - PB. Telefones (83) 3208-3158 e (83) 9996-0183. 
 Marcel Vieira é professor do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal da Paraíba, pesquisador e escritor. Suas pesquisas envolvem as questões de dramaturgia e narrativa nos meios audiovisuais, bem como as tensões simbólicas nas relações entre cinema, teatro e literatura, sobre as quais publicou diversos artigos e capítulos de livros. É autor do livro "Adaptação intercultural: o caso de Shakespeare no cinema brasileiro", lançado em 2013 pela EDUFBA. Atualmente, investiga a questão das estruturas narrativas das séries de televisão no contexto contemporâneo.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

II FEMPOP - FESTIVAL DE MÚSICA POPULAR EM POMBAL

Vai até o dia 30 de julho o período de inscrição no II FEMPOP - FESTIVAL DE MÚSICA POPULAR EM POMBAL. 
 

Sesc traz a guitarra de Ricky Furlani e Léo Meira em show instrumental



O Serviço Social do Comércio da Paraíba realiza neste mês a segunda etapa do projeto Intervalos Instrumentais. Desta vez, o som da guitarra invade os palcos do Sesc em João Pessoa e Campina Grande, com o som do músico paulista Ricky Furlani e os paraibanos Léo Meira e Zé Filho. O evento busca fomentar a produção de música instrumental no estado, promover a troca de experiência entre artistas locais e convidados e realizar workshops em cada etapa do evento.
No dia 18, se apresentam no Sesc Centro em João Pessoa o guitarrista Ricky Furlani e o paraibano Léo Meira, às 20 horas. No dia 19, o show acontece no Sesc Centro Campina Grande, também às 20 horas, e tem como atração o músico convidado  Ricky Furlani  e o guitarrista Zé Filho. No dia 20, Furlani ministra o workshop às 9 horas em Campina Grande e às 16 horas na capital. Todas as atividades da programação são gratuitas e abertas a quaisquer interessados. As inscrições para o workshop podem ser efetuadas nos setores de cultura do Sesc em João Pessoa e Campina Grande.

Na capital, o Sesc fica na rua Desembargador Souto Maior, 281, Centro, e em Campina Grande, na Rua Jiló Guedes, 650, Santo Antonio. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (83) 3208-3194 (João Pessoa) e (83) 3341-5800 (Campina Grande).

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Oficina de Xilogravura


OSUFPB POP FAZ SUA ESTREIA

A Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Paraíba estreia a sua versão pop nesta sexta-feira, dia 5 de julho de 2013, às 20h, na Sala de Concertos Radegundis Feitosa (João Pessoa), com entrada franqueada ao público em geral. Alguns dos melhores instrumentistas e cantores de música popular de João Pessoa, juntamente com músicos clássicos, protagonizam a OSUFPB Pop. Estarão no palco da Sala Radegundis:

Daniella Gramani e Lula Marinho (voz)
Heleno Feitosa “Costinha” (saxofone)
Helinho Medeiros (acordeon)
Leo Meira, Anderson Mariano e Luis Ricardo (violão e guitarra)
Xisto Medeiros Sousa (contrabaixo)
Júnior Andrade (piano)
Gledson Meira, Francisco Xavier S Neto, Dennis Bulhões e Glauco Papi (bateria e percussão).
Rogerio Borges (regência)

Este é o oitavo concerto da temporada 2013 da OSUFPB. Mais outros dezesseis concertos estão programados até o final do ano, sempre às sextas-feiras, 20h, na Sala Radegundis Feitosa.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Mirco Patarini e OSUFPB Cordas, sob a regência de André Muniz

A Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Paraíba (Cordas) volta a se apresentar nesta sexta-feira, 14 de junho de 2013, às 20h, na Sala Radegundis Feitosa, em um concerto muito especial, que terá como solista convidado o italiano Mirco Patarini, um dos maiores acordeonistas internacionais da atualidade. Outro convidado especial é o Maestro Andre Luiz Muniz Oliveira, atual regente da Orquestra Sinfônica da EMUFRN, que conduzirá o concerto. O evento ainda contará com a participação dos seguintes músicos convidados: Monica Cury (harpa), Júnior Andrade (piano), Dennis Bulhões, Glauco Papi e Lue Maia (percussão). Entrada Franca. Todos estão convidados!
A vinda de Mirco Patarini é fruto de uma parceria entre a UFPB, através do LAMUSI/CCTA, com a FUNJOPE, fantasticamente articulada por Helinho Medeiros, nosso professor de acordeon do Departamento de Música da UFPB.
As fotos mostram, além do Mirco Patarini, o primeiro ensaio da OSUFPB Cordas com o Maestro Convidado André Muniz.

terça-feira, 11 de junho de 2013

Lançamento do Livro O SUJEITO (O)CULTO DA EDUCAÇÃO


Concerto da Orquestra Sinfônica Jovem da PB

A Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba apresenta nesta quinta-feira (13), Dia de Santo Antônio, o 4º concerto da temporada 2013. O espetáculo dá destaque ao Nordeste, no repertório formado por tangos, concerto para flauta e uma sinfonia inspirada na cultura popular brasileira. A apresentação acontece às 20h e tem como cenário o Mosteiro de São Bento, enriquecendo ainda mais o espetáculo que é regido pelo Maestro Luiz Carlos Durier. A entrada é gratuita.
A programação inicia com a alegre e dançante “Tuscaloosa Tango”, de Daniel Léo Simpson, composta em 2009 para um concurso de composição no Estado do Alabama, dos Estados Unidos, peça que foi estreada pela OSJPB e, atendendo a pedidos, volta ao repertório.
O Concerto para Flauta “O Pintassilgo”, composto por Antonio Vivaldi, é uma clara demonstração de que o compositor italiano tinha compreensão do instrumento, escrito com trinados, passagens rápidas e ritmos pontilhados, que lembram os gorjeios de um pintassilgo. A obra inicia com um allegro introdutório e dá lugar ao solo da flauta. A solista da noite é a jovem Carol Galvão, que iniciou os estudos de música aos 10 anos, na Escola de Música Anthenor Navarro (Eman).
A “Sinfonia Popular”, de Radamés Gnattali, transita pelas fronteiras da música brasileira, indo da popular à música de concerto. O mestre Gnattali conhecia muito bem a música da nossa terra, já que conviveu com os grandes nomes da MPB em toda a sua vida. Escrita entre 1955 e 1956, seus quatro movimentos nos leva em uma viagem por todas as regiões do Brasil.
A sinfonia abre com um tema solene, quase religioso, contrastando com um segundo de caráter brincalhão. Em seguida, o movimento é um baião, que simboliza o espírito do nordestino. A peça encerra com um final grandioso e alegre, que expressa bem o povo brasileiro.